O que verdadeiramente me irrita

Num país onde ninguém se governa nem quer ser governado…

A minha liberdade acaba onde a dos outros começa…

A notícia poderá ser alarmante para alguns: o Governo decidiu levar a aprovação um decreto-lei que proíbe fumar em local públicos fechados. Para além disso, proíbe também fumar no local de trabalho. Primeira contradição: o meu local de trabalho não é público! Só entra quem a administração quiser! Logo, porque carga de água os meus patrões podem ser multados só porque permitiram que os funcionários fumem no espaço de trabalho da empresa???
Espaços como restaurantes e bares vão ser abrangidos também por esta medida, excepto se tiverem uma separação física entre zonas de fumadores e não fumadores e desde que a zona reservada a fumadores tenha uma área igual ou superior a 100m2. Engraçado… sempre pensei que essa solução tinha sido abandonada depois do Gueto de Varsóvia, mas afinal não….
Se, por um lado, os não fumadores não devem ser obrigados a levar com a fumarada dos outros – concordo plenamente e subscrevo com selo branco – não será esta medida descriminatória para todos aqueles que fumam, pergunto eu.
Sim, eu sei (…que tudo são recordações…), nem me venham falar que é por uma razão de saúde pública que essa eu não engulo! Por esse ponto de vista, que tal obrigar todos os seropositivos e/ou portadores do HIV a usar uma banda amarela (desta vez sem a Estrela de David!) para nós os podermos reconhecer? Porque não obrigar todos os patos constipados e todas as galinhas resfriadas a usar uma banda roxa para nos precavermos contra a Gripe das Aves? Já agora, porque não colar na testa de todos os utentes que utilizaram o Serviço Nacional de Saúde nas últimas 24 horas um aviso do tipo: BIOHAZARD? Se fosse em clínicas privadas, seriam de cor diferente!…
Pois, pois, afinal é para ajudar a comparticipar o Orçamento dos Hospitais…
E que tal se começássemos pelos gigantescos ordenados dos gestores privados que nunca se encontram no serviço (jogar golfe em Vilamoura faz melhor para a saúde: lá ninguém está doente!) e que recebem indevidamente fundos que deveriam ser aplicados na melhoria das condições dos hospitais?
Por este prisma, porque não acabar definitivamente com os carros com motor a diesel, pois são mais poluentes e colocam, claro está, a saúde pública em perigo?
Porque não fechar todas as fábricas que fazem despejos ilegais nas águas dos rios, contaminando tudo e todos? Isso não é um caso de saúde pública? Multem-se as empresas para auxiliar o orçamento hospitalar! Multem-se os automobilistas para auxiliar o orçamento hospitalar!
O mais engraçado é que a grande maioria das pessoas que recorrem aos serviços de urgência, por exemplo, fazem-no por questões em nada relacionadas com o tabaco…
Multem-se as empresas que produzem tesouras, pois não evitam unhas encravadas, multem-se as mães, porque permitiram que os filhos andassem de bicicleta e caíssem e partissem um braço. Multem-se os fabricantes de bicicletas, pois estas não possuem airbags e depois os putos caem e partem os braços e racham a cabeça.
Multe-se a multidão de cidadãos de terceira idade que não tem mais nada para fazer do que fingir que é um condor (hoje com dor aqui, amanhã com dor ali…) e que enchem, por vezes desnecessariamente, os centros de saúde e os hospitais.
Agora, não me venham com estas tretas tentar legitimar o dinheiro que vai entrar para os cofres do Estado e, consequentemente, para o bolso de alguém que não o das pessoas que árdua e honestamente, têm os seus impostos em dia.
Caso de saúde pública? pois, pois…
Auxilio ao orçamento? claro, claro…
Discriminação pura e dura, ao mais velho estilo hitleriano!!!
E pensar que os meus pais lutaram um dia para que este país vivesse em liberdade…
O que eles não sabiam é que esta acaba onde a dos outros começa…

… E isso, irrita-me profundamente!…

Anúncios

3 comentários»

  Anonymous wrote @

como sempre os fumadores têm a tendencia de misturar alhos com bugalhos. estamos a falar de restaurantes ´ó palhaços! eu que veja alguém a fumar ao pé de mim em local proibido. caramba! Nem a familia respeitam. E continuem a atirar beatas pela janela para as florestas ó porcos!
inconscientes

  Ribadouro porto wrote @

fumam se se querem matar como queiram mas nao levem os outros com voces se em vez de atirarem beatas e criar incendios ja havia dinheiro para os hospitais serem melhorados.Decaminhoo estao a pedir para legalizar fumar ganza nos restaurantes, pois se nao é descriminaçao vao mas é lavar os dentes amarelos e ver como é que os vossos pulmoes estao e nao queiram por os dos outros assim

  anonimo wrote @

se quiser se matar fique a vontade mais não pense que tem o direito de levar os outros junto pois se estudar um pouco vai saber que quem não fuma mais convive com fumantes tem mais tendencia a ter problemas respiratorio. ha e cigarro fede mais que merda então seja ético e respeite o espaço dos outros ok.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: