O que verdadeiramente me irrita

Num país onde ninguém se governa nem quer ser governado…

Prós & Contras

20 minutos são o suficiente para formar uma teoria: se o aborto tivesse sido despenalizado na década de 50, não teria de ouvir muitas das baboseiras dos apoiantes do não…
Kátia Guerreiro, fadista a tempo inteiro e talhante…perdão, médica, em part-time, falou das dificuldades das mulheres nas cidades, vilas e aldeias do interior (realidade que ela, como médica em part-time em Lisboa deverá conhecer tão bem como eu conheço os segredos da expansão do Universo…), teriam em abortar nos hospitais e clínicas, porque conheciam desde maqueiros a enfermeiros…
Algumas considerações:
– Uma médica que faz tamanha afirmação devia ser expulsa da respectiva Ordem: clínicas nas aldeias do interior??? Onde é que ela julga que está? Na Suécia????
– Quem conhece verdadeiramente a vida nas pequenas comunidades deverá saber tão bem quanto eu que, caso uma mulher vá fazer o aborto numa clínica clandestina em Badajoz ou no raio que parta a Kátia, toda a comunidade fica a saber na mesma: na falta de emprego e trabalho, o desporto nacional enquanto não dá a bola na TV é a coscuvilhice…
Por isso, Kátia, vá primeiro mudar de nome para um bem português, porque o K não faz parte do alfabeto oficial português e, depois, vá fazer uma perninha como médica na aldeia de Farfas, concelho de Castro D’Aire…
Anúncios

3 comentários»

  O Vizinho wrote @

Pá… amaioria dos apologistas do não, cabeças de cartaz entenda-se, é uma cambada de tias, betinhos e beatas c’até mete nojo!
O que é que aquela gente sabe das dificuldades reais da população???
Já alguma vez fizeram algo para ajudar uma família carenciada?
Daqueles “imensamente mal vestidos, e sujos, e assim”…?

Ainda se o referendo fosse sobre moda, ou jet-7, ou como viver sem fazer ponta de corno… enfim…

  Paulo Alves wrote @

Caro Karl, bem sabe que o acho sensato por isso deixe-me perguntar-lhe porque nunca achou baboseira aquela tirada (pelos vistos já retirada) dos apoiantes do sim «AQUI (na minha barriga) MANDO EU»?
Ou seja, quero eu dizer que os movimentos estão tão cheios de imbecis que compreendo sempre mal porque diabo se tentam encontrar uns aos outros. Este referendo começou torto (com a pergunta) e como se vê nunca se irá endireitar.

  Karl Macx wrote @

Marketing, caro Paulo. Escondendo os imbecis do sim, só preciso de me preocupar com os imbecis do não. Mas tenho de dar o braço a torcer e concordar consigo: a imbecilidade não escolhe lados, mas tende a revelar-se quando menos necessária…


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: