O que verdadeiramente me irrita

Num país onde ninguém se governa nem quer ser governado…

Anda um tipo a trabalhar…

… horas a fio e quando chega a casa, só tem “boas” noticias.

No preciso momento em que atravessava o hall e chegava à sala, a SIC noticiava que os “filhos-de-uma-grande-cabra” da GALP iam aumentar os combustíveis… pela terceira vez no espaço de duas semanas!!

Mas isto é algum país sul-americano ou quê???

Irritam-me os aumentos, mas irritam-me mais os atrasados mentais que ainda procuram justificar estes aumentos com argumentos tipo “escassez de matéria-prima” ou, pior, “somos tomadores de preços”.

As minhas noções de economia são poucas. Para além das aulas de História Económica e Social e da leitura de Marx, a única economia com que tenho de lidar é simples: esticar um salário de 500 euros durante 30 dias.

Agora façam as contas comigo:

A minha parte da renda (eu e a minha mulher temos, por enquanto, contas bancárias separadas) são 175€. 500-175= 325€

Há um mês atrás, metia cerca de 30 euros por semana. Agora, meto 40 e passo por muito pouco o número de quilómetros feitos. Se um mês tem, em média, 4 semanas, serão (se entretanto a gasolina não aumentar novamente) contabilizados 160 euros /mês em gasolina. 325-160= 165€

Sobram 165 euros para pagar as contas e comer. A minha mulher está desempregada e não recebe subsídio de desemprego. Vai trabalhando sem condições aqui e ali, sem recibos, sem perguntas (como muitos neste fim do mundo que é Portugal, aposto!).

Dividam 165 euros por 30 dias e agora digam-me que estou acima do nível de pobreza…

E vem um cabrão de um engravatado de Lisboa, cuja empresa tem lucros de 1.2 milhões POR DIA!!!! dizer que é “tomador de preços” e que a “culpa não é dele” e que, e que, e que?

Irrita-me que me tentem passar um atestado de estupidez…

Anúncios

5 comentários»

  Yashmeen wrote @

Portugal entrou num descalabro do qual só me apercebi quando me mudei para Espanha. Aquinão houve qualquer aumento de combustível e o salário mínimo é de 600 euros. Sendo mulher e menor de 30 anos, teria direito a um subsídio de aluguer de 200 euros todos os meses. E fico-me por aqui, porque ainda há mais.

  oiabomba wrote @

sei como é isso imagine agora viver no brasil que recebemos em r$ reais e temos a maior carga de impostos do mundo! abraços meu amigo andre maia .http://oiabombahotmailcom.blogspot.com/

  Sérgio Pontes wrote @

Subscrevo por completo o teu sentimento!

São uns cabrões

  Moby wrote @

A pior notícia de todas é que os aumentos não ficam por aqui… e mais não digo para não ser tomado por pessimista ou pior ainda.

  plummet wrote @

plummet says : I absolutely agree with this !


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: