O que verdadeiramente me irrita

Num país onde ninguém se governa nem quer ser governado…

Arquivo de Post sem razão aparente

Portugal na Eurovisão…

… É como o Benfica na Liga: antes de começar tem sempre a melhor equipa. No final é o que se vê…

Sobre Santa Comba Dão…

… apraz-me dizer o seguinte:

Não vejo como polémica ou mesmo um insulto a inauguração de um largo com o nome de Salazar no 25 de Abril. Passa-me ao lado. É um fait-divers ao qual se está a dar a indevida importância.
No entanto, não posso deixar de comentar algumas das barbaridades que por aí se dizem sobre o assunto.
Pergunto: o que é que Salazar tem a ver com o 25 de Abril? Para além de terem trocado o nome da ponte na “Capital da Nação”, não vislumbro mais nenhuma relação. Salazar já era comida de minhoca em 1974. Marcelo Caetano caminhava mais depressa para a Democracia do que para a repressão. Talvez o 25 de Abril tenha sido a antecipação pela força do que poderia ter acontecido naturalmente. Nunca o saberemos e o resto é, como podem ver, especulação. Dizer que o País está melhor do que em 73 por causa do 25 de Abril é afirmar o óbvio. Se não houvesse 25 de Abril o país estaria pior do que em 73? Não acredito. Mas nunca o saberemos e o resto é, lá está, especulação.
E poderíamos especular até à exaustão sobre o assunto: Será que se não houvesse Golpe Militar em 26 teríamos ditadura? Teríamos Salazares, Otelos, MFA’s, Marcelos e muitos outros? Se não houvesse 25 de Abril, teríamos ditadura ainda ou liberdade? Estaríamos melhor ou pior? Repito-o com convicção: Não sabemos. Nunca saberemos.

Temos pois que nos congratular que, em Liberdade, num Estado de Direito, ao vogar da Democracia, somos democráticos o suficiente para aceitar que, no dia em que se comemora a Liberdade, Santa Comba Dão a tenha para inaugurar uma obra municipal. Ao mostrarmos  intolerância não estamos a ser melhores do que os que, todos os dias, desdenham a liberdade que muitos lutaram para conquistar, aspirando a um Estado estrangulador dos nossos direitos.

E se mesmo assim, não concordarem, fiquem com este pensamento: Oh, magnífico paradoxo. Homenagear um ditador em Dia de Liberdade? Salazar deve estar às voltas no túmulo.

Considerações avulsas…

1. O FCP perdeu na Figueira. A equipa não tem fio de jogo, as laterais têm mais buracos que um queijo suíço, e Jesualdo continua a jogar com 10: Se não é Mariano, é Benitez. Ainda assim, há quem teime em atribuir o mau momento de forma a forças externas….

2. Cada vez que abre a boca, Manuela Ferreira Leite não deixa entrar mosca. Logo só pode sair merda. Se esta é a forma que o PSD tem para derrotar Sócrates, então estamos fod…

3. Curioso como, no rescaldo do grande embate do fim-de-semana, o Contribuintes FC vs. BPN, se tenha falado em distracções, falta de regulamentação, nacionalizações e garantias de depósitos. Só faltou mesmo falar do mais importante: como e quando é que vão responsabilizar criminalmente os administradores do BPN e como vão assegurar os postos de trabalho dos trabalhadores que nada tiveram a ver com as decisões tomadas pelas administrações?

4. A centena de queixas que chegou à ERC depois da transmissão da “Missa do Magalhães” no programa dos Gato Fedorento “Zé Carlos” só me leva a concluir isto: Se Deus não tivesse sentido de humor, se calhar os queixosos nunca teriam nascido. Nem o Sócrates.

5. Obama tem tudo para fazer história… isto se o votos na Flórida não forem levados por um furacão, entretanto. A perder, McCain não deverá procurar muito a razão da sua derrota: Sarah Palin. Ela só vem dar razão aos machistas que acham que as mulheres deveriam era ficar caladas. Por mim, acho normal. Número de circo que se preze tem sempre de ter um palhaço rico e um palhaço pobre…

Era só para dizer…

1. à pessoa que chegou a este espaço através de pesquisar no Google “os mccann são filhos da puta” que o autor deste blog, apesar de concordar inteiramente – pelo simples facto de serem bifes, feios e terem a mania que na terra deles é que é tudo bom – não se recorda de o ter expressado por escrito… Mas, nunca fiando…

2. à pessoa que procurou por “respostas estúpidas”, que neste momento, não tenho em stock. Em contrapartida, tenho imensas perguntas estúpidas e ainda algumas piadas muito estúpidas, mas que estão quase a acabar, por causa dos saldos…

Mais do que um “arrastão”…

… foi um êxodo a migração do Arrastão para a nova morada.
Valha-nos Marx que os leitores não são ovelhas tresmalhadas, nem o Daniel Oliveira é o nosso pastor…

A seguir, com a devida atenção, [aqui]

Se estiver constipado…

Não conduza!!!!

30

15.09.1977